Wishlist
R$ 0,00
(0) item(s)

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Produto adicionado no carrinho x
  • Sem título | Dudi Maia Rosa Sem título | Dudi Maia Rosa

Dudi Maia Rosa +

"Sem título" (cód. 10886)

Seja o primeiro a avaliar este produto

  • Gravura
  • Data 2021
  • Técnica impressão com tinta semi pigmentada sob papel Photo Rag
  • Dimensões (A x L x P) 87,5 x 46 cm
  • Edição 10 + 3PA

DISPONÍVEL PARA ENVIO EM ATÉ 20 DIAS ÚTEIS

R$ 12.000,00
em até 10x de R$ 1.326,00*
ver parcelas
  • 1x de R$ 12.000,00
  • em até 2x de R$ 6.000,00
    sem juros no cartão de crédito
  • em até 3x de R$ 4.000,00
    sem juros no cartão de crédito
  • em até 4x de R$ 3.045,00*
  • em até 5x de R$ 2.472,00*
  • em até 6x de R$ 2.090,00*
  • em até 7x de R$ 1.817,14*
  • em até 8x de R$ 1.612,50*
  • em até 9x de R$ 1.453,33*
  • em até 10x de R$ 1.326,00*

"A aquarela em relação aos trabalhos tridimensionais é uma tradução simultânea para libras. Existe algo sendo dito em uma linguagem, e você tem uma tradução feita em gestos, em sinais, que está querendo dizer exatamente o que está sendo dito num lugar e está transpondo para outro. Então é uma transposição, e não uma tradução. Mas no caso dessa imagem impressa, que seria exatamente algo que pode ser multiplicado a partir desta expressão, desta outra interpretação, vem uma outra imagem em que, eventualmente você tem uma coisa seca, consolidada; e você tem o contraponto dela líquido e derretida. Quer dizer, você tem a água e tem o gelo. É a mesma substância em duas temperaturas diferentes, em duas condições diferentes. Mas a palavra água, o gelo e a água é a mesma essência."


Dudi Maia Rosa

 

A edição é numerada, assinada e vem acompanhada de certificado de autenticidade assinado pelo artista.

Mais obras deste artista

Dudi Maia Rosa

São Paulo, Brasil, 1946 | Vive e trabalha em São Paulo, Brasil.


Dudi Maia Rosa tem longa trajetória e é referência inequívoca para o circuito da arte contemporânea, sobretudo para inúmeros artistas que se formaram sob sua influência. É um artista que investiga e experimenta. Atua principalmente no limite da pintura com suas superfícies cromáticas feitas em resina de poliéster e fibra de vidro, dentre outros materiais insólitos.

Apresentou sua primeira exposição individual no MASP em 1978. Desde então realizou diversas outras na Galeria Millan, São Paulo, 2009, 2012 e 2016; no Centro Cultural Maria Antônia, São Paulo, 2002 e 2013; Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, 2008; Instituto Figueiredo Ferraz, São Paulo, 2013; entre outros. Dentre suas coletivas destacam-se: Modos de Ver o Brasil: Itaú Cultural 30 Anos, Oca, São Paulo, 2017; Uma coleção particular — Arte contemporânea no acervo da Pinacoteca, São Paulo, 2015; 10ª Bienal do Mercosul, Mensagens de Uma Nova América, Rio Grande do Sul, 2015; Brasiliana: Moderna Contemporânea, MASP, São Paulo, 2006; 5a Bienal do Mercosul, Rio Grande do Sul, 2005; Mostra do Redescobrimento: Brasil 500 Anos, no Pavilhão da Bienal, São Paulo, 2000; Bienal de Joanesburgo, África do Sul, 1995; Bienal Internacional de São Paulo, 1987 e 1994; e Panorama da Arte Atual Brasileira, MAM-SP, 1973, 1986, 1989 e 1993.

Galerias representantes

Galeria Millan, São Paulo

Destaques da carreira

Dudi Maia Rosa

  • 2012 | Galeria Millan, Brasil 2012 | Galeria Millan, Brasil
  • 2019 | Galeria Millan, Brasil 2019 | Galeria Millan, Brasil
  • 2009 | Galeria Millan, Brasil 2009 | Galeria Millan, Brasil
  • 2016 | Galeria Millan, Brasil 2016 | Galeria Millan, Brasil
2016 | Galeria Millan, Brasil
TOPO