Wishlist
R$ 0,00
(0) item(s)

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Ana Elisa Egreja
Ana Elisa Egreja
Comprando Por

Produto adicionado no carrinho x

Ana Elisa Egreja

Ana Elisa Egreja

Ana Elisa Egreja

  • "FABULATIONS" | 2019 | Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador, Brasil
  • "FABULATIONS" | 2019 | Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador, Brasil
  • “Fazer realidade” | 2021 | Galeria Leme, São Paulo, Brasil “Fazer realidade” | 2021 | Galeria Leme, São Paulo, Brasil
  • “Fazer realidade” | 2021 | Galeria Leme, São Paulo, Brasil “Fazer realidade” | 2021 | Galeria Leme, São Paulo, Brasil
  • “Fazer realidade” | 2021 | Galeria Leme, São Paulo, Brasil “Fazer realidade” | 2021 | Galeria Leme, São Paulo, Brasil
“Fazer realidade” | 2021 | Galeria Leme, São Paulo, Brasil

Ana Elisa Egreja

3 Iten(s)

   

  1. "Diorama - Natureza morta "café&q..."

    Ana Elisa Egreja

    As três edições desenvolvidas exclusivamente para a Carbono são revelações de uma parte do processo de criação das pinturas de Ana Elisa Egreja. A artista cria instalações com objetos reais para estudar as composições de naturezas mortas antes de iniciar suas pinturas a óleo. Segundo a artista, como seu trabalho final geralmente são pinturas, foi um desafio fazer, pela primeira vez, um trabalho que terminasse sendo um objeto, que é tanto escultura quanto instalação. Em “Diorama - Natureza morta ‘café’”, a artista trabal...

    Disponibilidade: Em estoque

    • Escultura
    • Data 2022
    • Técnica caixa de madeira, vidro fantasia e objetos variados
    • Dimensões (A x L x P) 30 x 40 x 10 cm
    • Edição 12 + 3PA
    R$ 20.000,00
  2. "Diorama - Natureza morta "pop&qu..."

    Ana Elisa Egreja

    As três edições desenvolvidas exclusivamente para a Carbono são revelações de uma parte do processo de criação das pinturas de Ana Elisa Egreja. A artista cria instalações com objetos reais para estudar as composições de naturezas mortas antes de iniciar suas pinturas a óleo. Segundo a artista, como seu trabalho final geralmente são pinturas, foi um desafio fazer, pela primeira vez, um trabalho que terminasse sendo um objeto, que é tanto escultura quanto instalação. Em “Diorama - Natureza morta ‘pop’”, a artista trabalha com v...

    Disponibilidade: Em estoque

    • Escultura
    • Data 2022
    • Técnica caixa de madeira, vidro fantasia e objetos variados
    • Dimensões (A x L x P) 30 x 40 x 10 cm
    • Edição 12 + 3PA
    R$ 20.000,00
  3. "Diorama - Natureza morta "flora&..."

    Ana Elisa Egreja

    As três edições desenvolvidas exclusivamente para a Carbono são revelações de uma parte do processo de criação das pinturas de Ana Elisa Egreja. A artista cria instalações com objetos reais para estudar as composições de naturezas mortas antes de iniciar suas pinturas a óleo. Segundo a artista, como seu trabalho final geralmente são pinturas, foi um desafio fazer, pela primeira vez, um trabalho que terminasse sendo um objeto, que é tanto escultura quanto instalação. Em “Diorama - Natureza morta ‘flora’“, a artista trabalha com...

    Disponibilidade: Em estoque

    • Escultura
    • Data 2022
    • Técnica técnica mista
    • Dimensões (A x L x P) 30 x 40 x 10 cm
    • Edição 12 + 3PA
    R$ 20.000,00

Ana Elisa Egreja

3 Iten(s)

   

São Paulo, Brasil, 1983 |  Vive e trabalha em São Paulo, Brasil.

Ana Elisa Egreja pesquisa ativamente a representação na pintura. Marcadas pela composição complexa e a reprodução minuciosa de materiais e texturas, suas telas materializam cenas fantásticas nas quais as ideias de domesticidade e de abandono, a presença arquitetônica e os gêneros clássicos da história da arte, como a natureza morta e a pintura de interior, são alguns dos vértices de sua pesquisa. Seu trabalho tem origem no convívio com as memórias guardadas na arquitetura da casa, os traços de presença familiar e o silêncio dos interiores abandonados. 

Formada em artes plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado, destacam-se entre as mais recentes exposições "Contramemória", Theatro Municipal, SP (2022); "Fazer Realidade", Galeria Leme (2021); "Fabulações", MAM Bahia, Salvador (2019); "Crossing the borders", Somerset House, Londres (2019); "Arte Atual", Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil (2016); "20o Festival de Arte Contemporânea SescVideobrasil" (2017) e "Through the looking glass", Palazzo Capris, Turim, Italia(2017). Em 2018 e 2019 foi indicada ao premio PIPA. Suas obras integram a Coleção Santander, Brasil, Franks-Suss Collection (Londres), Fondazione Sandretto Re Rebaudengo (Turim); Kistefos museum, Jevnaker, Noruega; Deji art museum, Nanjing, China e os acervos do Museu de Arte Moderna da Bahia, Museu de Arte do Rio e Pinacoteca do Estado de São Paulo.

TOPO