Wishlist
R$ 0,00
0 item(s)

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

paulo-monteiro
Paulo Monteiro
Comprando Por

Produto adicionado no carrinho x

Paulo Monteiro

Paulo Monteiro

Paulo Monteiro

  • “Viagem ao miolo do meio” | 2011 | Galeria Marília Razuk, São Paulo, SP “Viagem ao miolo do meio” | 2011 | Galeria Marília Razuk, São Paulo, SP
  • "Thing Surface" | 2012/2013 | Centro Universitário Maria Antonia, São Paulo, SP

Paulo Monteiro

1 Iten(s)

   

  1. "Sem título"

    Paulo Monteiro

    A obra que o artista criou para a Carbono materializa o traço. Não sabemos se são linhas de desenho dilatadas ou se são rastros de tinta escorrida organicamente. De qualquer forma, elas possuem uma materialidade tal que criam o desejo do toque, pois apesar de ser feita em metal, as peças tem um aspecto flexível e maleável.

    Disponibilidade: Sem estoque

    • Escultura
    • Data 2014
    • Técnica alumínio pintado eletrostaticamente e pregos de cobre
    • Dimensões ( A x L) 2 x 40 cm
    • Edição 10
    EDIÇÃO ESGOTADA

Paulo Monteiro

1 Iten(s)

   

São Paulo (SP), 1961| Vive e trabalha em São Paulo (SP), Brasil.

Paulo Monteiro é escultor, pintor, desenhista, gravador. Formado na Escola de Belas Artes, na década de 1980, foi um dos fundadores do grupo Casa 7, com Carlito Carvalhosa, Fábio Miguez, Nuno Ramos e Rodrigo Andrade. 

"Suas pinturas e esculturas atravessam as influências recolhidas da transição do expressionismo abstrato para o neo-expressionismo e do minimalismo para elaborar estados de espírito e situações radicais em suas manifestações mais espontâneas. Baseado na síntese, o núcleo de sua pesquisa se encontra na natureza da conformação da matéria, que se estica em linhas, esparrama-se em marcas gráficas, demarca relevos, cortes, torções, dobras e desmanches, sempre em exercícios marcados pela combinação de delicadeza e rigidez."

Suas obras foram destaque em mostras como: "The Empty Side", Zeno X, Antuérpia (2018); "Coleção MAC Niterói: arte contemporânea no Brasil", MAC Niterói, Rio de Janeiro (2017); "The outside of distance", MISAKO & ROSEN and Tomio Koyama Gallery, Tóquio (2017); "Building Material: Process And Form In Brazilian Art", Hauser & Wirth, Los Angeles (2017); "The inside of distance", Office Baroque, Bruxelas (2016); "The inside of distance", Mendes Wood DM, São Paulo (2015); "Casa 7", Pivô, São Paulo (2015); "Empty House Casa Vazia", Luhring Augustine, Nova York (2015), "Paintings on Paper", David Zwirner, Nova York (2014); "Where Were You", Lisson Gallery, Londres (2014); 22ª Bienal de São Paulo (1994) e 18ª Bienal de São Paulo (1985). 

Seu trabalho integra inúmeras coleções permanentes, incluindo: MoMA (Museu de Arte Moderna de Nova York), MAM-SP (Museu de Arte Moderna de São Paulo), Pinacoteca do Estado de São Paulo, MAC-SP (Museu de Arte Contemporânea de São Paulo), MAM-RJ (Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro) e Museu de Arte Contemporânea de Niterói.

TOPO