Wishlist
R$ 0,00
0 item(s)

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

carla-chaim
Carla Chaim
Comprando Por

Produto adicionado no carrinho x

Carla Chaim

Carla Chaim

Carla Chaim

  • "Caminho Isotrópico de Sinceridade Crua" | 2010 | Riscos e Fugas, Projeto Trajetórias, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil
  • “Laboratório de Desenho / Experiências Extra-Sensoriais Específicas” | 2009 | Prêmio Energias na Arte, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil “Laboratório de Desenho / Experiências Extra-Sensoriais Específicas” | 2009 | Prêmio Energias na Arte, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil
  • “Os Dez Primeiros Anos” | 2010 | Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil “Os Dez Primeiros Anos” | 2010 | Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil
  • “Riscos e Fugas” | 2010 | Projeto Trajetórias, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil “Riscos e Fugas” | 2010 | Projeto Trajetórias, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil
“Riscos e Fugas” | 2010 | Projeto Trajetórias, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil

Carla Chaim

1 Iten(s)

   

  1. "Carbono"

    Carla Chaim

    A Carbono convidou artistas que gentilmente desenvolveram edições exclusivas e doaram para o projeto Américas Amigas. Temos uma enorme satisfação em contribuir com essa importante iniciativa, adquira uma edição e contribua também. Toda renda será destinada ao projeto. Américas Amigas é uma Organização Não Governamental e Entidade Promotora dos Direitos Humanos que luta pela queda de mortalidade por câncer de mama no Brasil, beneficiando principalmente a população de baixa renda. As ações da associação englobam: doa&cced...

    Disponibilidade: Em estoque

    • Jóia
    • Data 2017
    • Técnica colar banhado a ouro e grafite usinado
    • Dimensões (A x L x P) 3 x 3 x 3 cm (pingente)
    • Edição 35 + PA
    R$ 1.800,00

Carla Chaim

1 Iten(s)

   

São Paulo, 1983 | Vive e trabalha em São Paulo.

Tanto em seus trabalhos em papel como em suas fotografias e ações gravadas em vídeo, Carla Chaim busca ultrapassar os limites da concepção tradicional de desenho. Mais do que um suporte para o desenvolvimento de uma ideia, ou um esboço inicial de um trabalho a ser criado, o desenho em seu trabalho aparece essencialmente como um vestígio da ação de um corpo em um determinado suporte, um rastro de sua presença, ou mesmo o remanescente sinal de um gesto. Chaim trabalha com a noção de repetição e controle em suas peças, tanto por meio de regras pré-estabelecidas quanto em seus movimentos físicos na elaboração de um desenho, por exemplo, usando o corpo como uma ferramenta importante nesse processo, pensando-o também como um lugar de discussão conceitual explorando seus limites físicos e sociais. Os assuntos são variados e estão ligados a modos de operação sistêmicos e formas processuais orgânicas de desenvolvimento. Os trabalhos não tentam criar narrativas ou contar histórias, eles são o próprio fazer, combinando sistemas dicotômicos: regras rígidas e movimentos físicos orgânicos. A artista revisa elementos reais com olhos de experiência, compreendendo o acaso como parte integrante do processo. Derivar, caminhar, mover-se.

Graduada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP (2004), onde também fez pós-graduação em História da Arte (2007). Carla participou de diversas residências artísticas, entre elas "Arteles", Finlândia (2013) e "The Banff Centre for the Arts", Canadá, (2010).

Seu trabalho foi apresentado em exposições coletivas incluindo: "Frucht & Faulheit", Lothringer13 Halle, Munique, Alemanha; "CODE", Osnova Gallery, Moscou, Rússia (2017); "Ao Amor do Público I", Museu de Arte do Rio - MAR, Rio de Janeiro, Brasil (2016); "Film Sector", Art Basel, Miami, EUA (2015); "Into the Light", Galeria Raquel Arnaud, São Paulo, Brasil (2015); "Ichariba Chode", Plaza North Gallery, Saitama, Japão (2015); "Impulse, Reason, Sense, Conflict", Cisneros Fontanals Art Foundation – CIFO, Miami, USA (2014); Carla Chaim recebeu no Brasil prêmios como CCBB Contemporâneo e Prêmio FOCO Bradesco ArtRio, ambos em 2015, Rio de Janeiro e em São Paulo em anos anteriores: Prêmio Funarte de Arte Contemporânea e Prêmio Energias na Arte. Em 2016, Carla foi nomeada para o Future Generation Art Prize, onde em 2017 apresentou instalações e fotografias no Pinchuk Art Centre, Kiev, Ucrânia e no Palazzo Contarini Polignac, Veneza, Itália, em um evento colateral à Bienal de Veneza. Sua obra faz parte de coleções como Ella Fontanals-Cisneros, Miami, USA; Pinacoteca do Estado de São Paulo - SP - Brasil; Museu de Arte do Rio – MAR, RJ, Brasil; e Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, Brasília, Brasil.

TOPO