Wishlist
R$ 0,00
(0) item(s)

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Produto adicionado no carrinho x
  • Carla Chaim, Carbono Carla Chaim, Carbono
  • Carla Chaim, Carbono Carla Chaim, Carbono

Carla Chaim +

"Carbono" (cód. 6501)

Seja o primeiro a avaliar este produto

  • Jóia
  • Data 2017
  • Técnica colar banhado a ouro e grafite usinado
  • Dimensões (A x L x P) 3 x 3 x 3 cm (pingente)
  • Edição 35 + PA

DISPONIBILIDADE IMEDIATA

R$ 1.800,00
em até 10x de R$ 198,90*
ver parcelas
  • 1x de R$ 1.800,00
  • em até 2x de R$ 900,00
    sem juros no cartão de crédito
  • em até 3x de R$ 600,00
    sem juros no cartão de crédito
  • em até 4x de R$ 456,75*
  • em até 5x de R$ 370,80*
  • em até 6x de R$ 313,50*
  • em até 7x de R$ 272,57*
  • em até 8x de R$ 241,88*
  • em até 9x de R$ 218,00*
  • em até 10x de R$ 198,90*

A Carbono convidou artistas que gentilmente desenvolveram edições exclusivas e doaram para o projeto Américas Amigas. Temos uma enorme satisfação em contribuir com essa importante iniciativa, adquira uma edição e contribua também. Toda renda será destinada ao projeto.

Américas Amigas é uma Organização Não Governamental e Entidade Promotora dos Direitos Humanos que luta pela queda de mortalidade por câncer de mama no Brasil, beneficiando principalmente a população de baixa renda. As ações da associação englobam: doação de mamógrafos, doação de exames de mamografia, treinamento e capacitação de profissionais da área de câncer de mama e campanhas de conscientização e informação sobre a doença. De 2009 até o presente, a ONG Américas Amigas já doou 23 mamógrafos, beneficiando 13 estados brasileiros. Saiba mais aqui.

Carla Chaim desenvolveu uma escultura para ser usada no pescoço, feita em pedra de grafite usinada, tranforma-se em uma jóia em estado de rascunho.

Acompanha certificado numerado e assinado pela artista.

Carla Chaim

São Paulo, 1983 | Vive e trabalha em São Paulo.

Tanto em seus trabalhos em papel como em suas fotografias e ações gravadas em vídeo, Carla Chaim busca ultrapassar os limites da concepção tradicional de desenho. Mais do que um suporte para o desenvolvimento de uma ideia, ou um esboço inicial de um trabalho a ser criado, o desenho em seu trabalho aparece essencialmente como um vestígio da ação de um corpo em um determinado suporte, um rastro de sua presença, ou mesmo o remanescente sinal de um gesto. Chaim trabalha com a noção de repetição e controle em suas peças, tanto por meio de regras pré-estabelecidas quanto em seus movimentos físicos na elaboração de um desenho, por exemplo, usando o corpo como uma ferramenta importante nesse processo, pensando-o também como um lugar de discussão conceitual explorando seus limites físicos e sociais. Os assuntos são variados e estão ligados a modos de operação sistêmicos e formas processuais orgânicas de desenvolvimento. Os trabalhos não tentam criar narrativas ou contar histórias, eles são o próprio fazer, combinando sistemas dicotômicos: regras rígidas e movimentos físicos orgânicos. A artista revisa elementos reais com olhos de experiência, compreendendo o acaso como parte integrante do processo. Derivar, caminhar, mover-se.

Graduada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP (2004), onde também fez pós-graduação em História da Arte (2007). Carla participou de diversas residências artísticas, entre elas "Arteles", Finlândia (2013) e "The Banff Centre for the Arts", Canadá, (2010).

Seu trabalho foi apresentado em exposições coletivas incluindo: "Frucht & Faulheit", Lothringer13 Halle, Munique, Alemanha; "CODE", Osnova Gallery, Moscou, Rússia (2017); "Ao Amor do Público I", Museu de Arte do Rio - MAR, Rio de Janeiro, Brasil (2016); "Film Sector", Art Basel, Miami, EUA (2015); "Into the Light", Galeria Raquel Arnaud, São Paulo, Brasil (2015); "Ichariba Chode", Plaza North Gallery, Saitama, Japão (2015); "Impulse, Reason, Sense, Conflict", Cisneros Fontanals Art Foundation – CIFO, Miami, USA (2014); Carla Chaim recebeu no Brasil prêmios como CCBB Contemporâneo e Prêmio FOCO Bradesco ArtRio, ambos em 2015, Rio de Janeiro e em São Paulo em anos anteriores: Prêmio Funarte de Arte Contemporânea e Prêmio Energias na Arte. Em 2016, Carla foi nomeada para o Future Generation Art Prize, onde em 2017 apresentou instalações e fotografias no Pinchuk Art Centre, Kiev, Ucrânia e no Palazzo Contarini Polignac, Veneza, Itália, em um evento colateral à Bienal de Veneza. Sua obra faz parte de coleções como Ella Fontanals-Cisneros, Miami, USA; Pinacoteca do Estado de São Paulo - SP - Brasil; Museu de Arte do Rio – MAR, RJ, Brasil; e Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, Brasília, Brasil.

Galerias representantes

Galeria Raquel Arnaud, São Paulo

Destaques da carreira

Carla Chaim

  • "Caminho Isotrópico de Sinceridade Crua" | 2010 | Riscos e Fugas, Projeto Trajetórias, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil
  • “Laboratório de Desenho / Experiências Extra-Sensoriais Específicas” | 2009 | Prêmio Energias na Arte, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil “Laboratório de Desenho / Experiências Extra-Sensoriais Específicas” | 2009 | Prêmio Energias na Arte, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil
  • “Os Dez Primeiros Anos” | 2010 | Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil “Os Dez Primeiros Anos” | 2010 | Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil
  • “Riscos e Fugas” | 2010 | Projeto Trajetórias, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil “Riscos e Fugas” | 2010 | Projeto Trajetórias, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil
“Riscos e Fugas” | 2010 | Projeto Trajetórias, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil

Veja também

  • "Sábado"

    Gravura
    (A x L) 15 x 204 cm
    R$ 1.800,00

    Marina Saleme

  • "Sem título"

    Jóia
    (A x L x P) 4.5 x 3.2 x 1.2 cm (cada)
    R$ 1.800,00

    Iole de Freitas

TOPO