Wishlist
R$ 0,00
(0) item(s)

Você não tem itens no seu carrinho de compras.

fernando-laszlo
Fernando Laszlo
Comprando Por

Produto adicionado no carrinho x

Fernando Laszlo

Fernando Laszlo

Fernando Laszlo

  • "PLANETÁRIO" | 2019 | Galeria Millan, São Paulo, SP

Fernando Laszlo

1 Iten(s)

   

  1. "Contém luz"

    Fernando Laszlo

    "Contém Luz" é um poema-visual sem palavras no qual a tensão poética é percebida pela relação entre o título e a obra de arte. Fernando Laszlo é um fotógrafo de origem analógica que frequentemente se apropria da luz e de traquitanas manufaturadas para criar instalações imagéticas carregadas de narrativas semânticas. Contém luz não está escrito na latinha de alumínio que normalmente contém alimentos, mas seu interior luminoso revela o poema de luz por suas frestas.

    Disponibilidade: Em estoque

    • Escultura
    • Data 2017
    • Técnica lata, difusor de acrílico, led e pilha
    • Dimensões (A x L ) 8 x 7,5 (diâmetro)
    • Edição 2017
    R$ 3.000,00

Fernando Laszlo

1 Iten(s)

   

São Paulo (SP), 1964 | Vive e trabalha em São Paulo (SP), Brasil.

Fotógrafo e diretor de fotografia, seguia a fotografia apenas como um desejo vocacional até 1983, ano em que serviu no Exército Brasileiro e atuou como fotógrafo do Pelotão de Investigações Criminais da Polícia do Exército. 

Terminando esse período, começou a trabalhar na produtora Conecta Vídeo, onde participou de vários vídeos experimentais, musicais, documentários e ficções. Retornou para a fotografia em 1988, onde começou a trabalhar como assistente de fotógrafos de moda e still-life e a partir de 1991 iniciou sua carreira solo. Já fotografou para diversos livros publicados de artistas, designers e arquitetos como Arnaldo Antunes, Lenora de Barros, Irmãos Campana, Carlito Carvalhosa, Hildebrando de Castro, Carlos Motta, Jorge Zalzupin, Marcelo Moschetta, Tony Oysler, Coleções de Artistas e outros.

Foi curador da exposição "Otto Stupakoff : Fotografias 55-05" em parceria com Bob Wolfenson em 2005 e da exposição "Stirring Stillness – Fotografias de Otto Stupakoff" em 2015.

Já expôs em diversas instituições como Espaço Cultural Porto Seguro SP, SESC - PARATI, Caixa Cultural – Brasilia e Rio de Janeiro, 16 Bienal de Cerveira (Portugal), Paço da Liberdade SESC Paraná (Curitiba, PR), Centro Cultural Solar Ferrão  (Salvador, Bahia), Henry Urbach Architecture Gallery (USA), Pinacoteca do Estado de São Paulo e Galeria Millan.

Suas obras estão presentes em acervos de importantes instituições, entre elas: Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museum of Fine Arts (Houston, USA), Espasso (New York, USA) e Banco Privado Português (Brasil).

TOPO